Notícias

  /  Notícias (Page 50)

“Primeira Infância em Primeiro Lugar: um levantamento de redes de advocacy pelos direitos da criança” é o relato de ricas experiências brasileiras, latino americanas e da África do Sul na luta pelos direitos da primeira infância por meio de estratégias de articulação em rede. A publicação, que já se encontra disponível para consulta no site da Avante – Educação e

Consultores associados e colaboradores da Avante – Educação e Mobilização Social reuniram-se, no dia 26 de Janeiro, para pensar e celebrar a instituição, que completa, este ano, duas décadas construindo, na Bahia e no Brasil, uma referência em Educação e Mobilização Social. Ao longo do dia aconteceu a assembleia anual da instituição, quando foram apresentados os resultados de 2015 e

“Música Paralá, venha pracá! Tem leitura e canção, também tem celebração! Será um rico momento, a infância no coração.” Com esta rima estampada no convite, a Secretaria de Educação de Olinda (PE), em parceria com o projeto Paralapracá e com a Avante - Educação e Mobilização Social, convocou os educadores da Educação Infantil do município para participar, no dia 11

Grupo de Crianças do Calabar, participantes do projeto Infâncias em Rede/Fundação Bernard van Leer, criou uma campanha para combater a violência contra a criança. O primeiro resultado foi a gravação do jingle O Menino Bernardo. Na sequência, o Grupo produziu o videoclipe da gravação em estúdio da música escrita e cantada por meninos e meninas do Calabar. A produção das duas

Piquenique na comunidade, futebol no campinho e visitas ao comércio local são atividades comuns na rotina escolar das crianças que frequentam a Escola Comunitária Brincando e Criando, em Camaçari (BA). Situada no bairro de Nova Vitória, antiga Favela Maria Meire, a instituição atende 170 crianças com idade de 0 a 5 anos, que saem da escola ao menos uma vez

A alegria era evidente naquela tarde de 23 de dezembro de 2015, em um dos poucos espaços de lazer do bairro do Calabar.  Brincadeiras, exposição de fotos, palhaço, lanche, mostra de vídeos. Era o fim de três anos de projeto que deixaram um gosto de quero mais nos educadores, crianças e na comunidade do Calabar. “Aprendi pula corda, amarelinha. Aprendi

(Este artigo é parte do Relatório Técnico do Seminário Nacional Paternidade e Primeira Infância, realizado pelo GT Homens pela Primeira Infância, da RNPI)   Desde a Constituição Federal de 1988, é possível para os homens solicitarem a licença-paternidade quando se tornam pais biológicos ou adotivos. Este direito está previsto no Artigo 7°§ XIX, nos termos fixados na Lei. Porém, essa licença é de apenas

Uma boa notícia para país, mães, cuidadores e, principalmente, para a primeira Infância. Já está disponível o aplicativo gratuito ProBebê. Lançado em São Paulo, no dia 19 de janeiro, o serviço leva informações personalizadas sobre os cuidados básicos do bebê, por meio de mensagens via celular. São orientações semanais sobre períodos diferentes de desenvolvimento da criança, desde a gravidez até

O projeto Vozes da Cidade encerrou a etapa de escuta e formação de adolescentes e crianças. No total, 1.265 adolescentes tiveram a oportunidade de identificar os problemas que vivenciam em suas comunidades, dar propostas de como resolvê-los e de como construir uma Salvador com menos desigualdades. A etapa foi iniciada com o mapeamento de 197 grupos de adolescentes que atuavam

Incluir crianças oriundas de famílias com maior poder aquisitivo foi uma necessidade detectada para aumentar a diversidade de vozes das crianças escutadas até então pelo projeto Vozes da Cidade. Depois de escutar grupos de crianças que representam a maioria menos favorecida da cidade, a equipe do projeto esteve, no dia 27 de outubro, no Curumim Espaço de Convívio. O lugar