Avante

  /  CINZA   /  Iniciativa da Avante, campanha quer mais diversidade de bonecas

Iniciativa da Avante, campanha quer mais diversidade de bonecas

Há alguns anos, durante uma arrecadação de brinquedos para doação, em Salvador, três amigas – Ana Marcilio, Mylene Alves e Raquel Rocha – receberam bonecas de diversas marcas, variados tamanhos, mas com uma semelhança: todas eram brancas. Juntas, elas se deram conta de que faltavam bonecas que retratassem a diversidade da nossa população. Faltavam bonecas negras. Assim, nasceu a campanha “Cadê nossa boneca?” Uma iniciativa da Avante – Educação e Mobilização Social sem ligação com empresa do segmento de brinquedos e sem fins lucrativos.
Os negros representam 53,6% da nossa população, segundo dados do IBGE. De acordo com especialistas, a falta de representatividade é um problema, já que a auto identificação é fundamental para a criança. Ou seja, se o brinquedo não se parece em nada com ela, se ela não se vê em bonecas e bonecos, a autoestima, desde a primeira idade, pode ficar comprometida. Além disso, a diversidade de bonecas também é importante para que todas as crianças convivam com as diferenças e aceitem os vários tipos físicos.
O objetivo da campanha Cadê nossa boneca? é mudar esse cenário. A gente espera que, assim como na “vida real”, exista mais diversidade nas lojas, com mais bonecas negras. Até lá, vamos usar as redes para fazer muuuuito barulho. Vem com a gente?
facebook.com/cadenossaboneca
instagram.com/cadenossaboneca