Avante

  /  Direito das Crianças e dos Adolescentes   /  Estação Subúrbio lança audionovela pela garantia dos direitos

Estação Subúrbio lança audionovela pela garantia dos direitos

Ao invés da rádio, novas e atuais produções de audionovelas estão utilizando a internet para dar visibilidade a histórias como a de “Centrópolis”, a primeira audionovela da Avante – Educação e Mobilização Social, uma produção da equipe do projeto Estação Subúrbio – nos trilhos dos direitos (Avante e KNH). Com episódios curtos, de no máximo 10 minutos, a história dá vida a três personagens principais – a anciã Dona Maricota, sua neta Tina e o amigo dela, Guga. A menina, quando descobre que sua avó está doente, faz uma cruzada das vilas rodeantes até a capital Centrópolis, em busca de um remédio para restabelecer a saúde da matriarca da família.

A produção é uma estratégia para conectar crianças e adolescentes atendidos pelo Projeto com seus direitos, a cada aventura de Tina e Guga até Centrópolis. “Preparamos um conteúdo leve e lúdico que provoque a imaginação deles”, contou Zé Diego, educador brincante do Estação Subúrbio, que é um dos locutores e produtores, assinando, também, a trilha sonora da audionovela, e sua edição. O roteiro é de Camila Souza, que é locutora da audionovela e também educadora brincante do Projeto.

Os episódios serão enviados às crianças através da rede social WhatsApp – uma das mais acessadas pelos moradores da Ocupação Quilombo do Paraíso, onde as atividades do Estação Subúrbio são desenvolvidas desde 2017, quando o Projeto teve início. Com a pandemia, a tecnologia passou a ser mais utilizada nas atividades com as crianças, já que os encontros presenciais foram suspensos desde março.

Para expandir o público e fazer a história chegar a outras crianças do Subúrbio Ferroviário, o Estação Subúrbio estabeleceu parceria com rádios comunitárias locais.

Vamos embarcar nesta aventura? Todos os episódios de “Centrópolis” serão reproduzidos nas redes sociais da Avante.

Para assistir o Ep.01, clique aqui.