Formação Continuada Tag

  /  Posts tagged "Formação Continuada"

Desde que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi anunciada, a sua implementação tem representado um grande desafio e uma oportunidade para os educadores. Um desafio porque a BNCC implica em uma reelaboração dos currículos e uma revisão dos Projetos Políticos Pedagógicos. Uma oportunidade por fomentar a reflexão sobre o cotidiano das instituições. A BNCC foi construída a partir de uma concepção de

Com o intuito de discutir e promover um debate conceitual dos pressupostos e práticas para o desenvolvimento e a aprendizagem de crianças de 0 a 12 anos, tomando como base a publicação: Educação Integral nas Infâncias, será realizado, em Salvador, no Teatro SESC – Casa do Comércio, o Seminário Nacional Educação Integral nas infâncias, nos dias 2 (dois) e 3 (três)

Em apenas um ano de efetivo funcionamento, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Fúlvia Maria de Barros Mott Rosemberg, em Maceió (AL), tem se destacado tanto na prática pedagógica, quanto na tematização dessas experiências – que têm como princípio garantir um cotidiano lúdico. Para se ter uma ideia da efervescência criativa na instituição, durante o III Seminário Luso-Brasileiro de

Com o tema “Construindo uma visão sobre a qualidade na Educação Infantil para construir uma visão de formação”, a consultora associada da Avante – Educação e Mobilização Social, Mônica Samia, realiza uma formação para gestores de 20 municípios paulistas, hoje (quarta-feira, 28 de junho), no encontro da Câmara Técnica da Educação do CODIVAR (Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do

Em processo formativo, desde a implantação do Paralapracá na Rede Municipal de Educação, em agosto de 2013, coordenadoras pedagógicas das instituições de Educação Infantil do município de Camaçari (BA) foram certificadas pelo Programa, em um evento na Cidade do Saber, no dia 24 de agosto. Realizado com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças

Ao longo de seis anos de atuação para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na Educação Infantil, o Paralapracá tem despertado cada vez mais interesse da comunidade acadêmica. Em 2014, o programa foi tomado como referência em pesquisas desse segmento da educação em universidades de estados cujas secretarias municipais foram parcerias no ciclo I do programa (2012-2014): Pernambuco,

Desde a sua concepção, o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do Paralapracá visou à criação de conexão entre profissionais que atuam na educação infantil, formando redes de aprendizagem colaborativa, fomento à inclusão digital e o adensamento conceitual em relação aos eixos do projeto. Ao longo do tempo, a plataforma vem se consolidando como uma importante estratégia na formação de formadores,

A formação continuada nas instituições, o fortalecimento do papel das coordenadoras pedagógicas como formadoras e a efetivação de práticas pedagógicas em consonância com as concepções do Paralapracá são alguns exemplos de avanços conquistados nos municípios parceiros no ciclo II do programa. Em Camaçari (BA), Maceió (AL), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE), o projeto tem desenvolvido um movimento de

O programa Nossa Rede Educação Infantil realizou, durante três dias, encontro formativo com os professores da Rede Municipal de Educação de Salvador para aprofundar a compreensão sobre as ideias estruturantes da organização curricular por Campos de Experiência. Realizada na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FTC), entre 19 e 21 de julho, a formação serviu para que os professores identificassem as ideias estruturantes dos Campos de