Avante

  /  Direito das Crianças e dos Adolescentes   /  Criança indígena lança campanha por uma escola decente

Criança indígena lança campanha por uma escola decente

II-coloquio-YanuriA mesa Impactos das políticas públicas de segurança pública nos diversos segmentos sociais e direitos humanos, que discutiu aspectos políticos sob o ponto de vista de quem faz as políticas e dos movimentos sociais durante o II Colóquio Políticas de Segurança e Direitos Humanos: enfocando primeira infância, infância e adolescência trouxe mais do que novidades, apresentou atitudes. Ynauyry Gomes dos Anjos, 10, da Aldeia Pataxó-Xandó, além de dividir a mesa com representantes de outras instituições, falou, e bem, dos desafios que enfrenta na escola e lançou uma campanha por uma escola decente.
Ynauyry falou sobre as classes multisseriadas e professores pouco preparados e sem a formação adequada. Além da estrutura precária da escola. Contou sobre o desafio que as crianças indígenas enfrentam quando chegam ao Ensino Fundamental e precisam ir para a escola regular, fora de sua aldeia, e se deparam com críticas cotidianas de seus colegas não índios.
Segundo Ynauyry, “essas criticações” são o que especialistas chamam de bullying e refletem o racismo, marca constante na nossa sociedade. Ao pedir por por uma escola decente, a luta de Ynauyry  não difere da de milhões de brasileiros, tão necessária de ser vencida para a conquista da garantia dos direitos humanos! Junte-se a esta campanha!