Avante

  /  Home Page   /  Tucano (BA) realiza II Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

Tucano (BA) realiza II Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

Tucano (BA) realiza II Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho InfantilLocalizada no Território do Sisal, a cidade baiana de Tucano sediou, na última semana, o II Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. Realizado pela Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SETRADES), por meio das ações estratégias do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), o fórum teve como principal objetivo formar um comitê intersetorial, mobilizando profissionais da saúde, educação, assistência, agricultura, sindicatos e sociedade civil, para criar uma agenda conjunta de combate ao trabalho infantil no município.
O evento, que aconteceu na última sexta feira (19 de agosto), foi aberto pela consultora associada da Avante – Educação e Mobilização Social, Ivanna Castro, que palestrou sobre Trabalho Infantil, falando desde a conceituação do tema, com exposição de dados, os impactos gerados na vida das crianças e adolescentes, até como agir enquanto Sistema de Garantia de Direitos (SGD) para enfrentar a problemática. “Este é um momento privilegiado para a gestão municipal fortalecer o tema do trabalho infantil em sua pauta de ações, ampliando a articulação de setores que trabalham diretamente ou indiretamente com as crianças e adolescentes do município”, disse Ivanna.
Ivanna aproveitou o momento para destacar o quanto é motivador para a Avante poder ver que o projeto Posso Falar? serviu como um catalisador para a realização da primeira edição do Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, e da felicidade pela continuidade do mesmo.
Posso Falar?
O projeto Posso Falar? articulou ações em 10 municípios baianos com o intuito de fomentar espaços de escuta e de expressão de crianças em contexto de trabalho infantil, com vistas à capacitação de agentes públicos e conselheiros municipais e a disseminação de metodologias de escuta qualificada de crianças junto aos integrantes do SGD para melhor atuação na prevenção e combate ao problema.
Executado pela Avante, em parceria do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), o projeto atendeu os municípios de Antônio Cardoso, Banzaê, Barra do Choça, Botuporã, Cardeal da Silva, Irará, Fátima, Nova Soure, Santanópolis e Tucano, nos anos de 2014 e 2015.