Avante

  /  AZUL   /  Prodei avança na construção da plataforma de monitoramento

Prodei avança na construção da plataforma de monitoramento

Prodei avança na construção da plataforma de monitoramentoO Programa de Desenvolvimento da Educação Infantil (Prodei) avança em sua terceira linha de atuação: a construção da plataforma de monitoramento da qualidade do atendimento à Educação Infantil no município de Salvador. Para tanto, foi realizada uma reunião entre consultoras da Avante e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Smed) no início de maio, na sede da Avante.
Rita Margarete, consultora associada da Avante e coordenadora do PRODEI neste processo de elaboração, explicou durante a reunião que “a plataforma será uma ferramenta que se articula com outras que já existem na rede, em termos de tecnologia de comunicação”. Além disso, o conteúdo técnico terá como base os Indicadores da Qualidade da Educação Infantil (Indique) – um sistema já em uso em diversas instituições do país, elaborado em 2009 sob a coordenação do Ministério da Educação e Cultura (MEC), UNICEF, Ação Educativa, Fundação Orsa e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNIDIME), em diálogo contínuo com organizações da sociedade civil e da Academia.
De acordo com a consultora associada da Avante, Monica Samia, também coordenadora do PRODEI, o Indique  será a base para a construção da plataforma, que acolherá as expectativas e necessidades das instituições de ensino, dos gestores regionais e da Smed, com uma proposta que vai além de uma ferramenta de avaliação. “A ideia é um monitoramento que pressupõe a coleta de dados, mas também um apoio na tomada de decisões, o que torna a plataforma uma tecnologia de gestão estratégica”, explica.
O Prodei é um programa da Prefeitura de Salvador que conta com a parceria técnica da Avante – Educação e Mobilização Social. O Programa é composto de três linhas distintas e complementares: a produção de material, a formação de profissionais e a construção da plataforma de monitoramento. O Prodei abrangerá cerca de 276 instituições da rede que ofertam Educação Infantil­ e mais de 20 mil crianças.