Avante

  /  AZUL   /  Comunidade de Aprendizagem realiza encontro internacional em São Paulo

Comunidade de Aprendizagem realiza encontro internacional em São Paulo

Comunidade de Aprendizagem realiza encontro internacional em São Paulo
Uma conversa sobre como tornar os espaços educativos mais abertos, inclusivos e dialógicos, acolhendo e respeitando a voz de todos os atores que fazem parte da comunidade escolar e seu entorno. É o que propõe o VI Encontro Internacional de Comunidade de Aprendizagem, que será realizado nesta sexta-feira e no sábado (19 e 20 de agosto), em São Paulo. Um dos destaques é a presença de Rámon Flecha, catedrático da Universidade de Barcelona e criador do movimento que deu origem ao conceito de comunidades de aprendizagem, que vai apresentar uma conferência sobre o papel do diálogo para a aprendizagem.
A Avante – Educação e Mobilização Social estará representada no encontro pelas consultoras associadas e formadoras certificadas pelo Comunidade de Aprendizagem, Ana Luiza Buratto, Carol Duarte, Gláucia Borja e Rita Margarete. A instituição executa o projeto nos municípios cearenses de Horizonte e Fortaleza, e em Camaçari (BA), em parceria técnica com o Instituto Natura.
Na programação, a apresentação da pesquisa “Mapa de políticas educacionais na América Latina: inclusão social e participação da comunidade”; debate com especialistas em políticas públicas, mediado pelo coordenador do Comunidade de Aprendizagem, Jonas Waks; diálogo com estudantes de escolas municipais de Cajamar, Mogi Mirim e São Paulo, mediador por José Ricardo Paim, formador e consultor do projeto.
Haverá também uma mesa composta por representantes do Instituto Rodrigo Mendes, Todos pela Educação e Cidade Escola Aprendiz, para discutir a participação educativa da comunidade e práticas inclusivas. Ao final, serão divulgados os selecionados na ação de reconhecimento: Eu quero meu acervo para as Tertúlias Dialógicas!
Comunidade de Aprendizagem
O Comunidade de Aprendizagem é um projeto de transformação social e cultural que tem início na escola, mas que se expande para toda a comunidade a partir da participação de familiares, funcionários, alunos e voluntários nas decisões e atividades da escola. Para ser uma Comunidade de Aprendizagem a escola implementa “atuações educativas de êxito” e passa por um processo de transformação que envolve seus diferentes atores.