Publicações

  /  

O número de bonecas negras disponíveis para compra no mercado online continua muito aquém do número de crianças negras no Brasil. Esta é a conclusão da terceira edição do levantamento bianual da campanha “Cadê Nossa Boneca?” (Ano 2020), que avalia a disponibilidade de modelos de bonecas negras à venda no Brasil, uma realização da Avante - Educação e Mobilização Social.   Clique

O livro "O coordenador pedagógico da educação infantil em FormAção: a experiência exitosa de Maceió" objetiva contribuir com o trabalho desenvolvido nas instituições de educação infantil que tem como protagonista o coordenador pedagógico como articulador de duas grandes atividades para qualificar e profissionalizar o fazer pedagógico dos professores e ressignificar as aprendizagens das crianças. Autora: Angelina Araújo Editora: Appris (2020) À Venda    

A publicação “Orçamento primeira infância em evidência - Opine” se debruça sobre o orçamento público do município de Nova Iguaçu no que se refere aos investimentos voltados ás crianças de zero a seis anos, na tentativa contribuir para o aprimoramento da compreensão sobre do tema, pois faz análise crítica dos programas de trabalho, buscando identificar a previsão de despesas e

A publicação traz recomendações e princípios que discutem a transição entre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental à luz da Educação Integral.  As recomendações contidas na publicação foram baseadas em estudos e trabalhos do grupo de referência, composto, por exemplo, pela presidente da Avante - Educação e Mobilização Social, Maria Thereza Marcílio.

A publicação que reúne diversos artigos de pesquisadores de áreas variadas e que expõe a importância do ouvir, observar e dialogar com o universo da criança. Cita, como um dos exemplos, o projeto Vozes da Cidade: crianças e adolescentes participando da construção de Salvador - uma iniciativa do UNICEF, que teve a Avante - Educação e Mobilização Social como parceira

A publicação do Centro de Referências em Educação Integral traz pressupostos e práticas para o desenvolvimento e a aprendizagem de crianças de 0 a 12 anos. Elaborada ao longo de dois anos, a versão final do documento teve a contribuição da Maria Thereza Marcilio, presidente da Avante – Educação e Mobilização Social, integrante do Conselho Deliberativo do projeto Avaliação da