Avante

  /  CINZA   /  Avante participa de evento de lançamento da Narrativa da Agenda Bahia do Trabalho Decente, da OIT

Avante participa de evento de lançamento da Narrativa da Agenda Bahia do Trabalho Decente, da OIT

No último dia 29 (novembro), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançou a publicação Narrativa da Agenda Bahia do Trabalho Decente – 2007 a 2014. O evento, realizado no Espaço Crescer, auditório da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE) contou com a presença da Avante – Educação e Mobilização Social, parceira histórica da SETRE e da OIT em ações de enfrentamento ao trabalho infantil e ao trabalho escravo. A instituição foi representada pelas consultoras associadas, Sonia Bandeira e Judite Dultra.
A mesa foi composta pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes; o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Geraldo Reis, o diretor-geral da OIT no Brasil, Peter Poschen, o ex-secretário da SETRE, Nillton Vasconcelos; presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (AMATRA), Rosimeire Fernandes; a superintendente regional do trabalho, Querpa Fael; e Carla Liane, vice-reitora da UNEB.
Para elaboração da publicação, a OIT fez consulta e análise de uma farta documentação, envolvendo arquivos físicos e digitais (legislações, publicações, artigos, relatórios, notícias e outras fontes) e realizou entrevistas e consultas as mais diversas pessoas.
No evento, foram apresentados fatos que construíram a consolidação da Agenda Bahia do Trabalho Decente, ressaltando os seus avanços, resultados, desafios, boas práticas e experiências aprendidas.
Agenda
Criada em 2007 pelo Governo do Estado, de acordo com o Decreto 10.314/07, a Agenda Bahia do Trabalho Decente tem nove eixos prioritários: Erradicação do Trabalho Infantil; Erradicação do Trabalho Escravo; Segurança e Saúde do Trabalhador; Juventude; Serviço Público; Promoção da Igualdade de Gênero e Raça; Promoção da Igualdade da Pessoa com Deficiência; Trabalho Doméstico; e Empregos Verdes.
Construída em parceria com organizações de trabalhadores e empregadores, além de instituições e organizações da sociedade civil, a Agenda Bahia do Trabalho Decente é pioneira a nível subnacional. A coordenação no Estado é da professora Tânia Portugal.
Considerada uma experiência inovadora, a Agenda utilizou-se como referência a Agenda Hemisférica do Trabalho Decente e a Agenda Nacional de Trabalho Decente do Brasil, ambas lançadas em 2006. A Agenda expressa o compromisso entre as diversas instituições e atores do mundo do trabalho governamentais e não governamentais.
Sua existência conquistou consideráveis avanços, entre eles a criação do Fundo de Promoção do Trabalho Decente (FUNTRAD); aprovação da Lei de Incentivo ao Trabalho Decente; criação da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo (COETRAE); e a inclusão do Trabalho Decente nos planos plurianuais (PPA 2007/2011) e (2012/2015).
Parcerias Avante
A instituição é atuante pelo enfrentamento ao trabalho de crianças e adolescentes há pelo menos 19, dos #20anosAvante. É membro do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente da Bahia (FETIPA)  há mais de 10 anos e em 2015 passou a integrar o colegiado do Fórum. A parceria com a SETRE e a OIT no enfrentamento ao problema é histórica. Mais recentemente, a instituição passou a atuar também no enfrentamento ao trabalho análogo ao escravo.
Na primeira oportunidade de parceria entre a Avante e a OIT (2008), juntamente com a SETRE, foi mobilizada uma caravana para erradicação do Trabalho Infantil, chamada Bahia Livre do Trabalho Infantil, nos 18 municípios do Território de Identidade Semiárido Nordeste II da Bahia. Instalou-se uma grande mobilização nesses municípios e a OIT decidiu, então, firmar nova parceria com a instituição, em 2010, para realização do Programa de Ação de Apoio ao Fortalecimento Institucional para prevenção e combate ao Trabalho Infantil nos mesmos municípios nos quais passou a Caravana.
Os trabalhos realizados com a OIT produziram sementes que fortaleceram as ações institucionais e, como frutos, a Avante deu continuidade ao enfrentamento ao trabalho infantil e adolescentes por meio de projetos como o Todos Juntos (em parceria com a SETRE), realizado em duas edições, e o Posso Falar? (parceria com CONANDA/SDH). Este último introduziu a metodologia de escuta de crianças e familiares no combate ao problema.
Esse ano a instituição deu início ao projeto de “Apoio e atenção às vítimas e vulneráveis ao trabalho escravo na Bahia”, realizado em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Recebe ainda apoio da SETRE, da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo da Bahia (COETRAE-BA), do Grupo de Pesquisa Geografar/UFBA, do Grupo Interinstitucional de Apoio à Erradicação do Trabalho Escravo (GAETE) e do Grupo de Trabalho Intersetorial para implementação do Projeto Ação Integrada na Bahia (GTI/PAI).