Avante

  /  Direito das Crianças e dos Adolescentes   /  A Inclusão do Brincar nas Políticas Públicas

A Inclusão do Brincar nas Políticas Públicas

O IPA Brasil – Associação Brasileira pelo Direito de Brincar realizou em parceria com o Centro de Integração da Cidadania (CIC), da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, o seminário internacional: “A Inclusão do Brincar nas Políticas Públicas”. O evento foi realizado  entre os dias 16 e 18 de outubro, no Anfiteatro da USP Leste, São Paulo.
O seminário teve o objetivo de capacitar gestores públicos, profissionais e estudantes sobre os direitos relativos à infância e as bases do desenvolvimento infantil, tendo em vista a utilização do brincar como instrumento da construção de uma cultura de paz.
Maria Thereza Marcílio, coordenadora da Secretaria Executiva da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) e gestora institucional da Avante – Educação e Mobilização Social, foi umas das palestrantes.  Ela contribuiu com informações sobre a implementação de políticas públicas na área do brincar.
“As intervenções mais eficazes para favorecer o desenvolvimento das crianças são as que atuam simultaneamente sobre diferentes aspectos do ambiente na qual elas se desenvolvem. As brincadeiras e a cultura popular são instrumentos para o desenvolvimento das crianças e por isso, torna-se tão importante”, afirma.
Informações de Tatiana Alves, assessora da RNPI