julho 2020

  /    /  julho

O caso emblemático do menino Miguel Otávio, de cinco anos de idade, filho da empregada doméstica Mirtes Souza, que morreu em junho deste ano, após cair do nono andar do edifício em que a mãe trabalhava, foi lembrado por Ana Marcilio, consultora associada da Avante - Educação e Mobilização Social, como um exemplo claro de que a doutrina da proteção

Os painéis  foram elaborados pelo coletivo Frente Nordeste Criança formado por representantes de todos os Estados do Nordeste, dos Fóruns de Educação Infantil que integram o Movimento Interfóruns de Educação Infantil (MIEIB) do Brasil; por representantes do Conselho Federal de Psicologia (CFP), das Ongs Avante e Campanha Nacional pelo Direito à Educação, de universidades públicas (Federais de Alagoas - UFAL,

Os olhos arregalados e o sorriso nos rostos das crianças eram evidências incontestáveis de que a ação cumpria bem o seu objetivo. O alimento, sempre bem-vindo, dessa vez não era necessariamente para o corpo físico, mas uma poção mágica de alegria nas celebrações de aniversário das crianças atendidas pelo projeto Estação Subúrbio – Nos trilhos dos direitos (Avante e KNH).

Os efeitos da pandemia sobre as populações marginalizadas acirrou ainda mais as dificuldades de comunidades como a Ocupação Quilombo do Paraíso, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, que vivem imersas e inúmeras vulnerabilidades. Para contornar o isolamento social, iniciado há mais de 100 dias, foi preciso encontrar uma solução de conectividade para dar prosseguimento às ações do projeto Estação Subúrbio –

A sensação de aquartelamento tomou a vida daqueles que se encontram reclusos em suas casas neste período de isolamento social provocado pela pandemia do Covid-19. Mas, ainda que os portões residenciais sejam destravados e a tão sonhada liberdade de ir e vir seja anunciada pelos governos, sabemos que o sol não vai brilhar para todos. Afinal, o inimigo invisível ainda

Desde o início da pandemia a Avante-Educação e Mobilização Social vem ouvindo jovens, professores, mães e educadores em sua série: Vozes na Pandemia – uma contribuição nas necessárias reflexões para construção dos dias vindouros. E hoje, neste testemunho para a série “Vozes da Pandemia”, a voz de Andréa Fernandes, uma mãe que provoca os educadores a se capacitarem e a

A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) emitiu nota pública sobre o Parecer 11/2020, em 16 de julho, do Conselho Nacional de Educação (CNE) - que trata sobre as "Orientações Educacionais para a Realização de Aulas e Atividades  Pedagógicas Presenciais e Não Presenciais no contexto da Pandemia". A instituição afirma ter sido surpreendida negativamente com o apresentado no

A  Rede Não Bata, Eduque - cuja missão é desnaturalizar a prática dos castigos físicos e humilhantes como forma de educar e cuidar de crianças e adolescentes no meio familiar, escolar, comunitário, nos meios de comunicação tradicionais e nas mídias sociais – divulgou, no dia 13 de julho, uma Nota Pública – com participação da Avante – Educação e Mobilização

As famílias nunca estiveram em tanta evidência no Brasil e no mundo como agora, em tempos de pandemia provocada pelo COVID-19. Afinal, os lares se transformaram no lugar onde as relações sociais são tecidas diariamente, em meio às rotinas de “home office” dos adultos, de atividades escolares remotas das crianças e adolescentes, das tensões do isolamento social e da diversidade

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos num cenário ainda desafiador para 31 milhões de crianças e jovens até 18 anos no Brasil que vivem na pobreza. De acordo com o relatório "Pobreza na Infância e na Adolescência", elaborado pelo UNICEF  (2019), seis em cada dez crianças e adolescentes encontram-se nessa situação – o que os