dezembro 2019

  /  2019

Uma pesquisa realizada pela Avante – Educação e Mobilização Social em duas escolas da Rede Municipal de Educação do Paulista (PE) trouxe à tona dados que demonstram a necessidade de mais investimentos e um olhar mais cuidadoso sobre a participação dos diversos atores envolvidos na Educação das crianças e adolescente nos processos decisórios da escola, com o intuito de promover

O trabalho análogo ao escravo é um problema complexo, que envolve questões estruturais e conjunturais, e o seu enfrentamento exige atuação em várias frentes, como a produção de informações de qualidade para investigar e diagnosticar os casos e para indicar alternativas possíveis de enfrentamento. Neste sentido, a Avante – Educação e Mobilização Social apresentou, na tarde desta terça-feira (10.12), em

Imagine uma comunidade periférica, no Subúrbio Ferroviário de Salvador (BA), carente de políticas públicas que garantam direitos básicos aos cidadãos, portanto, bastante vulnerável à violências e violações desses direitos. Agora, imagine as crianças, locais e das imediações, brincando juntas: folia, corre-corre, um grito aqui, um empurrão ali… Tudo muito comum em contextos onde as crianças experimental a vida em comunidade.

Riacho das Almas é uma pequena cidade no Agreste Pernambucano, onde a indústria da moda com a confecção do jeans é uma atividade muito forte na economia local, sendo o sustento principal das famílias da região. Até ai nenhum problema. De acordo com os dados levantados para o Diagnóstico Prote-Já, fomento à prevenção e erradicação ao trabalho infantil,o desafio começa quando

Cooperação, igualdade, autonomia e desenvolvimento. Estas quatro palavras nos trazem elementos fundamentais para entender a Economia Solidária (ECOSOL), estratégia socioeconômica de desenvolvimento local, regional e territorial, considerada extremamente importante pela Avante – Educação e Mobilização Social. Por isso, a organização esteve presente na audiência pública Estratégias para desenvolver a economia solidária, realizada de 09h às 17h, na segunda-feira (09), na Assembleia

Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil (MIEIB) manifestou  repúdio ao Decreto N.º 10.134/2019 do governo Bolsonaro, de  26 de novembro/ 2019, que permite, de forma irrestrita, a ampliação de alternativas de privatização das instituições de Educação Infantil.  Ou seja, diminui as responsabilidade do Estado em investir dos serviços oferecidos às crianças. O Decreto propõe o aumento do financiamento das empresas

Na tarde do dia 28 de novembro, famílias assistidas pelo projeto Estação Subúrbio – nos trilhos dos direitos se reuniram no auditório da Escola Laboratório da Prefeitura de Salvador (ESCOLAB / Coutos), em torno de um assunto muito relevante e de impacto direto em seu cotidiano: a saúde. Se tratando de uma comunidade majoritariamente negra, população que, segundo dados do Ministério da

Sair da invisibilidade, reconhecer território e perfil, gênero e raça/cor, daquele trabalhador exposto a situações de violação de direitos, que se enquadram no que chamamos hoje de trabalho análogo ao escravos. Esses e outros os dados serão compartilhados com representantes do poder público, dos municípios baianos de Aracatu e Teolândia, foco dos diagnósticos realizados pela Avante – Educação e Mobilização

A exibição do documentário Voices of Children (VoC) ocorreu, na tarde da sexta-feira (22), durante última sessão ordinária do ano da Academia Baiana de Educação (ABEDUC), na Fundação José Fernandes da Cunha, no Largo do Campo Grande, em Salvador. A exibição foi seguida de debate sobre o documentário internacional Voices of Children (VoC). O curta foi elaborado e produzido pelo GT Direitos da Criança,